Home » 2024 » Concurso VIVER A LEITURA, uma final em festa!

Centro Qualifica

PAA

Sugestões para Página

Arquivo

Concurso VIVER A LEITURA, uma final em festa!

No dia 16 de abril de 2024, decorreu, no auditório da Biblioteca Municipal Miguel Torga, em Arganil, a final do concurso Viver a Leitura, direcionado aos alunos dos 2.º e 3.º ciclos e do Ensino Secundário do Agrupamento de Escolas de Arganil. Participaram nesta fase final os alunos apurados nas Bibliotecas Escolares, a 19 de março de 2024.
Os alunos Yara Abreu, Guilherme Gaspar, Simão Ribeiro, Maria Francisca Costa e Letícia Frederico da EB23 Professor Mendes Ferrão – Côja, Rita Portugal, Bianca Gonçalves, Maria Clara Marques, Samuel Borges e Martim Costa, da EB n.º 2 de Arganil, e Joana Fonseca, da Escola Secundária, apresentaram os livros por si selecionados, argumentando a favor das suas escolhas e procurando atrair, tanto o público, como o júri, para a leitura dos
mesmos.
Após um conjunto de leituras e apresentações de suma qualidade, coube ao júri, constituído pela Drª Alcina Correia, em representação do Gabinete da Rede de Bibliotecas Escolares, pela Drª Anabela Soares, em representação do Agrupamento de Escolas de Arganil, pela Drª Susana Cruz, em representação do Município de Arganil, pelo enfermeiro Carlos Oliveira, em representação da Associação de Pais e Encarregados de Educação e pela professora Isabel Simões, em representação da comunidade, a árdua tarefa de eleger os
vencedores por ciclo de ensino:

– no 2.º ciclo – 1.º lugar: Guilherme Gaspar; 2.º lugar: Bianca Gonçalves; 3.º lugar: Rita Portugal;
– no 3.º ciclo – 1.º lugar: Letícia Frederico; 2.º lugar: Samuel Borges; 3.º lugar: Maria Clara Marques;
– no ensino secundário – 1.º lugar: Joana Fonseca.

Na verdade, nesta festa da leitura, todos os alunos estiveram de parabéns, encheram-nos de orgulho e foram uns verdadeiros vencedores, usando de maior ou menor calma, expressividade e capacidade de argumentação, na partilha de textos ficcionais e reais.

As Professoras Bibliotecárias,
Arminda Ramos e Eulália Nunes

 

 

Autoavaliação

Projetos

Distinções