Home » 2022 » Teatro na EB1/JI de Côja

Centro Qualifica

PAA

Sugestões para Página

Arquivo

Teatro na EB1/JI de Côja

No dia um de junho, os Saltimbancos (Clube de Teatro da Escola Básica 2,3 Professor Mendes Ferreira, Côja – dinamizado pela docente Isabel Ferreira) deslocaram-se até à EB1/JI de Coja, para comemorarem o Dia Mundial da Criança, junto dos mais pequeninos.

Foram levadas ao palco duas representações teatrais, “O Casamento da Franga”, do autor Jaime Cortesão e “O Capuchinho Vermelho do Século XXI”, uma adaptação do conto publicado por Charles Perrault que, ainda hoje, faz parte do imaginário infantil.
A primeira peça, dramatizada pelos alunos do 5ºA_CO, decorre num ambiente campestre, onde um Galo e uma Galinha decidem casar a sua filhinha. A partir daí, várias personagens disponibilizam-se para dar o seu contributo na realização da cerimónia. Desfila o Gato, a Cabra, o Rato, o Escaravelho, o Mosquito e o Pardal. E que bem que estão, todos aperaltados para ir à festa que, infelizmente, acaba por não acontecer!

No “ Capuchinho Vermelho do Séc. XXI”, texto redigido e encenado pelos alunos do 6ºA_CO, a protagonista possui um telemóvel, vai ao centro comercial e ao cinema; a avó usa óculos, tem telemóvel e vê televisão. Esta avó não sofre um fim trágico, mas antes celebra, com o Lobo, a neta e os Guardas da GNR, a Amizade e a Vida.

Foi nesta atmosfera de sonho e magia que as crianças da pré-escola e do primeiro ciclo foram transportadas para um mundo cheio de imaginação, música e alegria, e levadas a interagir com os pequenos atores que, de forma soberba, souberam prender a sua atenção.

Por detrás dos holofotes, ajudaram, na criação deste espectáculo, as docentes Cláudia Costa, Carla Pereira, Isabel Mateus e Anabela Daniel que se mostraram sempre disponíveis para colaborarem e participarem na elaboração dos cenários e adereços. Uma palavra de apreço também aos alunos Martim Correia (8ºA_CO) e Tiago Nunes (8º B_CO) que se empenharam na construção dum galinheiro onde foram colocados animais vivos durante a exibição.

E ainda um agradecimento especial às educadoras, às professoras, às assistentes operacionais e a todas as crianças pela forma carinhosa com que nos receberam.